Vivendo o Reino

Nós buscamos muitas coisas aqui nesta Terra. Muitos procuram fama, dinheiro, poder, ser reconhecidos por serem bons no que fazem, entre outras coisas. E em meio a tantas buscas, com frequência os hábitos e atitudes que tomamos refletem somente o desejo por conquistas terrenas. Convido você a pensar hoje sobre suas atitudes e hábitos diários: para onde eles estão apontando? Sua caminhada diária está o levando para onde?

Falando sobre o assunto

Vivendo o Reino dos Céus

Jesus deixa claro qual deve ser o objetivo primordial de nossa breve vida aqui na Terra: devemos nos concentrar no alto, no Reino dos Céus e em Sua justiça.

Viver o Reino dos Céus é viver seus valores celestiais aqui na Terra, e defendê-los com a própria vida. Como cidadão dos Céus e embaixadores de Cristo, temos que entender que essa não é a nossa pátria, no sentido de não ser essa a nossa casa; nós temos uma casa eterna. Nós temos outro estilo de vida, baseado em Cristo, que é a nossa justiça. Ele inspira o nosso modo de pensar e julgar tudo o que estamos fazendo diariamente.

O Deus da provisão

Por fim, o versículo fala sobre Ele nos dar “todas essas coisas”. Mas que coisas são essas?

O contexto desse versículo bíblico faz menção ao que seriam essas coisas, e todas elas são passageiras. Diante disso, Jesus faz o seguinte questionamento: “Qual de vocês, por mais preocupado que esteja, pode acrescentar ao menos uma hora à sua vida?” (MATEUS 6:27).

Lembre-se de que não temos o controle, e por isso não precisamos andar preocupados ou ansiosos, ou correndo em direção às buscas terrenas, elas não vão satisfazer o nosso coração verdadeiramente, pois nós não somos daqui.

Gosto muito da frase do C. S. Lewis em seu livro Cristianismo Puro e Simples (Ed. Thomas Nelson, 2017): “Se eu encontro em mim um desejo que nenhuma experiência desse mundo possa satisfazer, a explicação mais provável é que eu fui feito para um outro mundo […]. Se nenhum dos meus prazeres terrenos é capaz de satisfazê-lo, isso não prova que o universo é uma fraude. Provavelmente os prazeres terrenos não têm o propósito de satisfazê-lo, mas somente de despertá-lo, de sugerir a coisa real. Se for
assim, tenho de tomar cuidado para, por um lado, jamais desprezar ou ser ingrato em relação a essas bênçãos terrenas, e, por outro jamais confundi-lo com outra coisa, da qual elas não passam de um tipo de cópia, ou eco, ou miragem”.

Vamos buscar aquilo que realmente importa da maneira certa, buscar o Reino dos Céus e sua justiça. Que todos os dias você possa se lembrar dessa busca.

Onde encontrar na Bíblia?

MATEUS 6:33 – Busquem, em primeiro lugar, o reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão dadas.

SALMO 105:4 – Busquem o SENHOR sua força, busquem sua presença continuamente.

Questões para debate

1. Pelo que você tem buscado?
2. Como a busca pelos seus objetivos está presente em seus hábitos?
3. Você já negociou os valores eternos? De que forma?

Oração

Pai, obrigada por este dia em que posso aprender e lembrar a viver os valores eternos. Constantemente falhamos, mas sei que o Senhor tem cuidado dos Teus filhos, e nos alerta de que não precisamos andar preocupados com as coisas deste mundo, mas que devemos buscar o Teu Reino e a Tua justiça olhando firmemente para ti. Obrigada pelo Teu amor, obrigada por me fazeres Tua embaixadora nesta Terra. Que eu possa sempre me lembrar de quem eu sou em ti, e porque estou aqui. Em nome de Teu Filho Jesus, Amém.

Jéssica Pavanelo
Letras Português/Inglês — UTFPR em Cris to