Moody não hesitava em alertar sobre a iminência da volta de Cristo, a fim de persuadir as pessoas a receberem a fé em Jesus. Esse grande evangelista nos deixa palavras de encorajamento e reflexão profunda sobre evangelização, ministério cristão, amor de Deus e testemunho cristão. Através da seleção de seus textos, foi organizado o devocional Dia a dia com Moody, que compõe a série Dia a dia de Publicações Pão Diário.

Vamos conhecer um pouco de seus textos?

Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo. APOCALIPSE 3:20

Quão perto Cristo está de cada um de nós. Quem dera pudéssemos entender isso. Imagine que alguém esteja batendo na porta de sua casa agora? Pois bem, ele está muito mais perto do que isso. A porta que Ele bate é a do seu coração. Sim, Ele está junto ao seu coração agora, como aquele noivo do livro de Cânticos dos Cânticos, com Sua cabeça cheia de orvalho, e Seus cabelos com as gotas da noite, aguardado ansiosamente que você o deixe entrar em sua vida (5:2). Ele tem esperado muito para que nossa porta se abra; Ele tem batido centenas de vezes; mas, como o rei Agripa, muitos temos dito: “Por agora, podes retirar-te, e, quando eu tiver vagar, chamar-te-ei” (ATOS 24:25). Mas ele nunca é chamado de volta. Quantos o têm rejeitado! Ele tem esperado 10, 20, 30, 40, 50 anos por alguns de vocês; e aquele momento oportuno não chegou. Novamente, Jesus cruza seu caminho e bate à sua porta. Seu coração não está palpitando agora? É Cristo que está batendo e quer entrar. Enquanto Ele está à porta, batendo, Ele diz que, se você ouvir a Sua voz e abrir a porta, Ele entrará em sua casa e ceará com você, e você, com Ele. Você o deixará entrar em seu coração hoje? Abra a porta e o deixe entrar, pois Jesus quer salvar sua alma e conceder a você a alegria de Sua presença santa. Não o rejeite mais.

Olhando o filisteu e vendo a Davi, o desprezou, porquanto era moço ruivo e de boa aparência. 1 SAMUEL 17:42

Lemos na história bíblica sobre aquele gigante que, durante 40 dias, aterrorizou todo o exército de Saul. Os soldados tremiam diante dele. No tempo de Josué, ele e seu exército não temiam os gigantes, porque eram fracos em si mesmos, mas fortes no Senhor. Mas Saul e seu exército não tinham seus olhos postos em Deus e, quando tiramos nossos olhos de Deus, os gigantes parecem poderosos demais para nós. Então, apareceu um jovem adolescente do interior, que ouviu falar do gigante e começou a perguntar o que aquilo significava. Os soldados lhe contaram e ele resolveu imediatamente sair para enfrentá-lo. O garoto seria a última pessoa que teríamos escolhido, mas os caminhos de Deus não são os nossos. Se nos considerarmos fracos, Deus terá toda glória. 

Esse é o ponto. Se escolhêssemos um gigante para enfrentar o gigante filisteu, a glória seria do gigante e não de Deus. O jovem hebreu não pediu nada para Saul; apenas pegou algumas pedras pequenas do riacho e as colocou em sua funda. Ele chegou diante do seu inimigo e anunciou a ele que estava ali em nome do seu Deus. Sim, ele se apoiou na força de Deus. Agora apenas pense comigo. Assim como Davi, devemos colocar nossa pedrinha na funda. Deus nos dirigirá e o trabalho de Deus será feito. O gigante de Gate cairá. Precisamos aprender a lição de que somos fracos, mas não precisamos de nenhuma força além daquela que Deus nos dá. Não são grandes reuniões que precisamos. Não é por força nem por poder, mas pelo Espírito de Deus, como aprendemos em Zacarias 4:6.

E disse-lhes: Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura. MARCOS 16:15

Quero perguntar se você acredita que Jesus enviaria seus discípulos para pregar o evangelho a toda criatura se ele não quisesse que todos fossem salvos? Por dois mil anos, os arautos da Cruz têm cruzado mares e rios, enfrentado adversidades e perseguições, para testificar sobre as gloriosas verdades do evangelho. Muitos foram torturados e mortos por terem pregado o evangelho. Hoje, vivemos em um mundo no qual o evangelho é tão livre quanto o ar. Mas precisamos nos lembrar que, para que esse santo evangelho chegasse até nós, custou tudo que Deus tinha.

Desde então, ele é gratuito para todos, mas nunca podemos nos esquecer o que custou para Deus, o Filho de seu amor, redimir esse mundo rebelde. Se você é salvo, tenha em mente que você recebeu uma dádiva preciosíssima, que custou tudo a Deus. Portanto, meus caros, digo a cada um de vocês que cada ser humano tem duas posições a tomar diante desse poderoso evangelho: deve recebê-lo e ser salvo ou rejeitá-lo e ser condenado. Aí está a Escritura, devemos crer nela ou rejeitá-la. Vou colocar de forma bem clara, para que ninguém fique com dúvida. Se alguém está disposto a dizer que não quer a salvação, essa pessoa está tomando a decisão de resistir a Deus e ao Filho do seu amor. Seu destino eterno será terrível e irreversível. Por isso, Deus convoca a todos os seus filhos e filhas a irem por todo o mundo e pregarem o evangelho a toda criatura. É tão difícil fazer as pessoas acreditarem que elas precisam obedecer ao mandato de Jesus. Não seja mais um daqueles que se omitem. Pregue o evangelho!

Ouvindo eles estas coisas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? ATOS 2:37

Mesmo nesse mundo tão indiferente como o nosso, se você buscar, encontrará pessoas que estão ansiosas pela salvação. Mas também é verdade que, muitas vezes, ao pregar o evangelho, você se depara com pessoas totalmente desinteressadas. Você está falando com elas sobre o assunto mais importante da vida delas, e elas olham para você como se tivessem algo mais importante para fazer. Mas, não se desanime com isso e continue pregando. Logo você vai se deparar com pessoas que ficarão com seus olhos brilhando e dirão que querem ser salvas por Jesus. No dia de Pentecostes, Pedro ouviu da multidão estas preciosas palavras: “Que faremos, irmãos?” (ATOS 2:37).

Ah, meus amigos, quem dera que esse mundo buscasse a Deus como buscam riquezas. Acho impressionante ver como os comerciantes ficam entusiasmados tão rápido, quando ouvem que os preços de suas mercadorias serão reajustados e eles terão mais lucro.

Alguns dizem que essa é uma excitação saudável, pois o comércio está crescendo e a economia vai melhorar. Mas quando as pessoas começam a ser tocadas por Deus e dão atenção ao destino eterno de suas almas, muitos dizem que esse fervor religioso é uma perda de tempo. No entanto, elas não falam nada sobre as multidões que correm para a morte todos os dias. Ali está um pobre viciado; olhem para ele e ouçam seu clamor subindo ao Céu! No entanto, a Igreja de Deus cochila e dorme, enquanto aqui e ali há uma alma sedenta. Quando as pessoas se importarão com a salvação como se importam com sua honra ou com a busca de riquezas?

Então, disse Deus a Noé: Resolvi dar cabo de toda carne, porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os farei perecer juntamente com a terra. Faze uma arca de tábuas de cipreste. GÊNESIS 6:13-14

Veja que coisa maravilhosa, quando Deus estava prestes a inundar a terra e Ele queria que uma arca fosse construída, o que Ele fez? Chamou um exército? Não, Ele apenas chamou um homem para realizar esse tremendo trabalho. À vista do mundo, a Arca podia ser uma coisa muito pequena, mas, quando o dilúvio chegou, valia mais do que tudo o que havia no mundo. Por isso, meus amigos, não pensem que vocês são pequenos demais para que Deus os use. Aquela nuvem que não era maior do que a mão de um homem foi grande o suficiente para regar toda a Palestina; e a terra, que estava seca e sedenta por três anos e seis meses tirou daquela nuvem toda a água que precisou. Nós seremos grandes o suficiente se Deus estiver em nós. O que precisamos para sermos usados por Deus é que ele se apodere de nós. Há muitas pessoas que dependem de outras pessoas para ouvir a Deus; elas nunca o ouvem por si mesmas.

Querem que outros busquem a Deus para alimentá-las. Vamos parar com isso e subir por nós mesmos até a presença de Deus, para que possamos ser abençoados e usados por Ele. Se o Espírito do Senhor Deus vier sobre nós, o resultado dessa obra se estenderá por toda a eternidade. Mas, se formos frios e indiferentes, nosso trabalho será superficial. Não será duradouro e não será como muitos de nós esperamos. Vamos pedir a Deus que nos vivifique! Vamos orar: “Deus, dá-me um novo batismo. Instila em mim a bênção da Tua salvação.”

…mas nós pregamos a Cristo crucificado. 1 CORÍNTIOS 1:23

Lendo as Escrituras, descobrimos que pessoas cheias do Espírito Santo pregam a Cristo e não a si mesmos. Elas pregam a Cristo crucificado. Em Lucas 1:67, Zacarias, pai de João Batista, cheio do Espírito Santo, exalta a Deus e sua poderosa Palavra. Ele engrandece a Palavra e não a si mesmo; ele dá a este mundo perdido a Palavra do Deus vivo. E vemos que, quando Isabel e Maria se encontraram, elas falaram das Escrituras. Ambas foram cheias do Espírito Santo e imediatamente começaram a glorificar seu Senhor. Também encontramos Simeão que, ao entrar no templo e encontrar o menino Jesus, imediatamente começou a citar as Escrituras, pois o Espírito Santo estava sobre ele. E quando Pedro se levantou no dia de Pentecostes e pregou aquele sermão maravilhoso, lemos que ele foi cheio do Espírito Santo, começou a pregar para uma multidão e foi a Palavra que os cortou com uma espada afiada. Era a espada do Senhor e de Pedro, assim como era a espada do Senhor e de Gideão. E, sobre Estevão, lemos em Atos 6:10, que eles “não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava”. E por que não podiam resistir-lo? Porque ele deu a eles a Palavra de Deus, pregou a Cristo crucificado e que muitas pessoas foram acrescentadas à Igreja. Os discípulos de Jesus precisam ser cheios do Espírito e, assim, a Palavra de Deus será anunciada pelas ruas e becos; e não haverá um porão escuro ou qualquer outro lugar onde o evangelho não seja levado.

Que essas palavras cheias de fé e verdade incentivem você a compartilhar o amor sacrificial de Cristo com aqueles que precisam conhecê-lo. 

DIA A DIA COM MOODY

Artigo retirado do devocional

DIA A DIA COM MOODY

Artigo retirado do devocional