Trata sobre a angariação de fundos e a mordomia para a obra do Reino de Deus. Direcionado a todos os envolvidos ministerialmente em captar recursos a partir da cosmovisão bíblica; os autores os chamam de semeadores, indicando que podem ser pastores, professores, mentores, familiares, colegas ou cônjuges. O papel dessas pessoas é serem fiéis em sua semeadura e mordomos de Cristo.