Irineu nasceu em Esmirna, na Ásia Menor, onde lhe foi ensinada Teologia Joanina pelo bispo Policarpo. Ele parece ter vivido em Roma durante algum tempo, antes de se estabelecer em Lyon no ano 177, onde sucedeu Potino como bispo de uma comunidade cristã de língua grega. Sua principal obra, Contra as heresias, descreve e refuta os ensinamentos dos gnósticos, que afirmavam ter ensinamentos secretos desconhecidos da maioria dos cristãos. Irineu responde que os quatro evangelhos, especialmente conforme interpretados pelos bispos que sucederam os apóstolos nas principais cidades, como Roma, constituem um testemunho válido e público em favor de Cristo, no qual, como Paulo ensinou, “convergem todas as coisas”. Tradições secretas e revelações particulares devem ser rejeitadas. Sua influência sobre teólogos posteriores lhe conquistou reconhecimento como o primeiro grande teólogo da Igreja Universal pós-bíblica.

Leia agora um de seus devocionais:

Harmonia da Criação

Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo

1 Coríntios 12:27

Todas as coisas se originam do único Deus. Por serem diversas e numerosas, as coisas criadas são bem ajustadas e adaptadas a toda a criação. Entretanto, quando vistas individualmente, elas são mutuamente opostas e desarmônicas como o som da lira, que consiste em muitas notas opostas, mas dá origem a uma única melodia ininterrupta por meio dos intervalos que separam cada uma das outras. O que ama a verdade, portanto, não deve ser enganado pelo intervalo entre as notas, nem deve imaginar que uma foi devida a um artista e autor e a seguinte, a outra pessoa. Ele não deve pensar que uma pessoa colocou as cordas dos agudos, outra as dos graves e ainda outra as do tenor. Deve, porém, sustentar que uma só pessoa formou o todo, de modo a provar a solidez, bondade e habilidade exibidas em toda obra. Também quem escuta a melodia deve louvar e exaltar o artista, admirar a tensão de algumas notas, atentar para a suavidade de outras, captar o som de outras entre os dois extremos e considerar o caráter especial de outras. Então, pode investigar o que cada uma visa e qual é a causa da sua variedade, jamais deixando de aplicar a nossa regra — nem desistir do único artista, nem rejeitar a fé no Deus único que formou todas as coisas, nem blasfemar contra o nosso Criador.

Gostou? Garanta já seu exemplar!

Google Play
Apple Books
Amazon Kindle
Livro Físico