Eusébio é comumente conhecido como o “pai da História da Igreja”. Pouco se sabe acerca do início de sua vida, mas supõe-se que tenha nascido na Síria e sido instruído em filosofia secular e filosofia cristã. Mais tarde, Eusébio se tornou assistente de seu professor Pânfilo em Cesareia, admirando-o tanto que se denominou Eusébio de Pânfilo. Após a perseguição infligida por Diocleciano nos anos 303 a 313, Eusébio foi eleito bispo de Cesareia, cargo que manteve até o ano 325, quando sua repreensão ao bispo Alexandre acerca de Ário (líder de uma seita) levou à sua excomunhão. Mais tarde, naquele mesmo ano, ele foi restaurado no Concílio de Niceia, onde apresentou um credo que foi aceito pelos bispos reunidos; depois, porém, retomou sua oposição aos opositores do arianismo. Seus escritos abrangem diversos aspectos da fé cristã, sendo o mais notável História Eclesiástica.

Leia agora um de seus devocionais:

Porque foste a fortaleza do pobre e a fortaleza do necessitado na sua angústia; refúgio contra a tempestade e sombra contra o calor; porque dos tiranos o bufo é como a tempestade contra o muro

Isaías 25:4

Como alguém que experimentou muitos que passou pelo mar que o Salvador acalmou, fornecendo um caminho sólido para o povo pode duvidar da presença e ajuda de Deus? Eu acredito que encontrar milagres como esses sendo realizados e aperfeiçoados ao comando do Senhor é o fundamento da fé e a base da confiança. Portanto, mesmo em meio a provações, não há motivo para abandonar a nossa fé. Porém, nós temos uma esperança inabalável em Deus. Quando esse hábito da confiança estiver firmemente enraizado na alma, o próprio Deus habitará em nossos pensamentos mais profundos. Seu poder não pode ser derrotado. Portanto, a alma em que Ele habita não será derrotada pelos perigos que a cercam. Nós vemos essa verdade demonstrada na vitória do próprio Deus. Embora pretendesse abençoar a humanidade, Ele foi severamente insultado por pessoas cruéis e ímpias. Entretanto, sofreu ao longo de Sua paixão ileso e conquistou uma poderosa vitória sobre o pecado e uma eterna coroa de triunfo. Sendo assim, Ele cumpriu o Seu propósito providencial, amou os justos e destruiu a crueldade dos injustos.

Mesmo em meio a provações, não há motivo para abandonar a nossa fé. Porém, nós temos uma esperança inabalável em Deus

Gostou? Garanta já seu exemplar!

Google Play
Apple Books
Amazon Kindle
Livro Físico