Em Doze simples homens, o pastor Fernando Leite traz os contextos histórico, cultural e teológico para o texto de profetas pouco conhecidos como Obadias, Miqueias, Naum e Ageu. Os textos dos grandes homens de Deus, conhecidos como Profetas Menores, raramente são estudados ou expostos em sermões na igreja nos dias de hoje. Isso não se dá pela antiguidade e irrelevância dessas profecias, mas por causa da falta de familiaridade que muitos leitores da Bíblia têm com eles.

Nesta obra, você entenderá o motivo por trás dessas profecias, quem eram seus primeiros destinatários, qual o contexto espiritual em que esses profetas atuaram, como a mensagem deles se liga ao evangelho e como seus ensinamentos se relacionam com a sua vida. Certamente você se surpreenderá com a atualidade e pertinência dessas mensagens divinamente inspiradas.

Oseias – o profeta do amor

Profetizou tanto na prosperidade quanto no caos socioeconômico que redundou no desterro e fim da nação de Israel.

Joel – o profeta nas calamidades

Ao longo do livro de Joel você encontra a tragédia como uma realidade que não está além da soberania de Deus.

Amós – o profeta com a última palavra

O que Amós teve foi uma visão; uma intensa convicção de que Deus falava com ele e tinha um recado a dar.

Obadias – o profeta servo do Senhor

O nome Obadias, em hebraico Obadia, tem o sentido de “adorador de Jeová”, ou ” servo de Jeová”. Isso é muito marcante e, quando bem compreendido, pode ensinar algo fundamental para a igreja de nossos dias.

Jonas – o profeta do bondoso soberano

Para considerarmos Jonas como o grande ator de sua história, precisamos entender, então, que existe um diretor: o Deus soberano e bondoso, que controla todas as coisas.

Miqueias – o profeta do Deus que condena e perdoa

Toda a mensagem de Miqueias é uma comunicação da indignação de Deus com o Seu povo, e de derramamento de justiça e juízo sobre eles.

Naum – o profeta e a justiça de Deus

Nós temos o que aprender com Naum; temos com o que nos alegrar em Naum; e podemos provar, em nossa vida pessoal, tanto da punição justa pelo pecado, como também da bondade, misericórdia e compaixão de nosso Deus.

Habacuque – o profeta da perplexidade

Um homem frustrado, indignado e perplexo como Habacuque, que se sente corajoso o suficiente para se queixar diante de Deus, teve o privilégio de ver Deus abrindo um pouco da cortina que esconde o futuro e lhe mostrando o que Ele fará!

Sofonias – o profeta que trouxe esperança

Escreveu para o povo do seu tempo, cuja experiência com Deus não era profunda e ampla o suficiente. O mesmo acontece conosco. O que Sofonias falou atinge a todos nós.

Ageu – o profeta que confrontou e encorajou o povo

O livro começa com a compreensão que o povo tinha de Deus inviabilizando os planos deles. E ele termina com a promessa de benção do Senhor para o povo que o leva a sério e o obedece.

Zacarias – o profeta que lembrou o povo

Fala de um tempo que ainda não chegou; um tempo que é futuro mesmo para nós, hoje, acerca do retorno que haverá de acontecer do Senhor Jesus Cristo.

Malaquias – o profeta porta-voz de discussões

Há seis discussões no livro de Malaquias: Deus ama ou não?; Desonravam a Deus?; Eles eram infiéis a Deus?; Afinal, Deus é justo?; O povo roubava a Deus?; Ofendiam a Deus? Mas e você?

Baixe um capítulo grátis!

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Seu país (obrigatório)

    Gostaria de receber informativos e dicas de leitura?

    Sim, quero conhecer mais sobre os projetos.

    Gostaria de receber o devocional Pão Diário em seu email gratuitamente?

    Sim, quero conhecer mais sobre os projetos.