“Penso que minha filosofia é esta: Tudo está errado até que Deus endireite as coisas.” A. W. Tozer (1897–1963)

AIDEN WILSON TOZER nasceu no dia 21 de abril de 1897, numa pequena fazenda no estado da Pensilvânia, Estados Unidos. Durante sua adolescência, em 1912, ele e sua família se mudaram para outra cidade e, antes de completar 18 anos, Tozer entregou sua vida a Jesus quando, certa vez, caminhava pela rua e ouviu um senhor anunciando o evangelho. Chegando a sua casa, fez a oração de entrega sozinho. Casou-se com Ada Celia Pfautz em 1918, e no ano seguinte — cinco anos após sua conversão —, sem formação teológica formal, aceitou um convite para pastorear uma igreja pela primeira vez. Foi um começo humilde, mas que levou o jovem casal a um ministério de 44 anos com The Christian and Missionary Alliance (Aliança cristã e missionária). Com Ada, ele teve sete filhos, seis rapazes e uma menina.

O dinheiro era escasso nos primeiros dias como pastor, e o casal fez um pacto de confiar em Deus, a despeito das circunstâncias, para prover por suas necessidades. A família Tozer optou por um estilo de vida simples, jamais possuiu carro, preferindo o transporte público. Mesmo depois de se tornar um autor cristão renomado, Tozer cedia o direito de muito de seus royalties àqueles que estavam em necessidade. Cedo em seu ministério, ele percebeu que Cristo o chamava para um tipo diferente de devoção, que exigia esvaziar-se do seu ego e buscar ser transbordante do Espírito de Deus. Em 1928, Tozer aceitou pastorear uma igreja em Chicago (Southside Gospel Tabernacle), onde permaneceu por 30 anos. Tudo o que ensinou e pregou foi consequência dos seus momentos em oração com Deus. Era quando deixava o mundo e sua confusão de lado e direcionava sua atenção apenas para Deus.

Retire-se do mundo todo dia para um lugar privado, ainda que este lugar seja apenas o quarto. Permaneça aí até que os ruídos internos acabem no seu coração e o descanso da presença de Deus o envolva.

Capaz de expressar seus pensamentos de uma maneira simples, mas contundente, Tozer combinou o poder de Deus e a influência das palavras para nutrir almas famintas, tocar corações e atrair mentes a Deus. Sua mensagem era revigorante e inspiradora, mas também rígida. Jamais teve receio de destacar o que estava errado e nunca hesitou em afirmar que o Senhor poderia endireitar todas as coisas. O único propósito de sua vida era conhecer Deus pessoalmente, e ele encorajou outros a fazerem o mesmo. Para A. W. Tozer, um relacionamento profundo e permanente com Deus era algo a ser cultivado.

Nunca vi um cristão útil que não seja estudante da Bíblia. Não existem atalhos para a santidade.

A. W. Tozer teve sua formação embasada na experiência e devoção a Deus. A presença de Cristo foi para ele a sua sala de aula, sua rotina de oração deu-lhe a base necessária e encontrou a sua inspiração, além da Bíblia, nos escritos de cristãos e teólogos antigos. Ávido estudante, ele se fundamentava fortemente nos cristãos considerados pais da igreja primitiva, e nos reavivalistas. Ficou particularmente impressionado com a autodescrição de John Wesley de ser “um homem de um só livro, mas um estudante de muitos”. Tozer, com sua curiosidade intelectual, seguia o conselho deixado pelo fundador da igreja Metodista aos líderes cristãos de ler muito, mas filtrar tudo pelas lentes da Bíblia. Sempre havia algo mais a ler e a aprender.

Deus não se curvou à nossa pressa nervosa, nem adotou os métodos de nossa era imediatista. O homem que deseja conhecer a Deus precisa dedicar-lhe tempo, muito tempo.

Tozer foi um intelectual autodidata, com grande interesse e pesquisa em filosofia, história e literatura. Admitia que o homem podia aprender bastante com a razão, no entanto o conhecimento de Deus e da alma humana é adquirido apenas pelo Espírito Santo. Seu interesse pelo estudo da Palavra de Deus e o desejo de comunicá-la em seus escritos o levou a ser eleito, em 1950, editor da revista Alliance Weekly (Aliança semanal), que teve sua circulação duplicada, desde então, pela intensa dedicação à verdade comunicada. Ele declarou na primeira edição: “Vai custar algo caminhar devagar ao longo das eras, enquanto os homens que se guiam pelo tempo se apressam ao confundir movimento com progresso. Mas haverá frutos, a longo prazo, e o verdadeiro cristão não está muito interessado em qualquer coisa menos do que isso”. Além de editor, também foi um escritor cujas palavras continuam a desafiar os cristãos de hoje. Durante seu ministério, escreveu mais de 40 livros, dentre eles À procura de Deus (Ed. Betânia, 1985). Tozer teve destaque em alguns segmentos sociais e recebeu alguns títulos, como o de Doutor Honoris Causa em Letras, pela Wheaton College, em 1950. E, em 1952, recebeu o de Doutor Honoris Causa em Direito, pela Faculdade de Houghton. As suas palavras, tanto escritas quanto faladas, concentravam-se totalmente em Deus. O seu interesse não estava em inventar maneiras de se promover ou dar destaque às suas ideias e retórica para que o público o favorecesse. Por essa razão, encontrava-se na contramão de líderes cristãos contemporâneos. Por toda sua vida, A. W. Tozer foi convidado com bastante frequência para falar em seminários, igrejas e conferências bíblicas a respeito da cruz e seu significado na vida cristã, bem como sobre oração, algo vital para seu ministério e indispensável para sua vida particular. Nos anos finais de seu ministério, A. W. Tozer pastoreou uma igreja em Toronto, Canadá. E em 12 de maio de 1963, foi levado à presença do seu Senhor. Foi sepultado em sua cidade natal — Akron, Ohio, EUA. O epitáfio em sua sepultura diz: “um homem de Deus”. O legado que este pregador, editor e escritor deixou com suas palavras continua a desafiar o intelecto e o coração dos cristãos até hoje, com sua mensagem bíblica à pergunta: “O que devo fazer para ser salvo?” Para Tozer a resposta que permanecia era simplesmente “entregar-se a Cristo; procurar conhecê-lo pessoalmente; tornar-se como Ele”. Por seu testemunho de vida e pela profundidade de seus escritos e pregações, Tozer ficou conhecido como “o pregador do século 20”.

Acesse mais informações sobre o devocional Dia a dia com Tozer, que contém meditações diárias que foram compiladas de seus sermões gravados, com excertos adicionais de seus livros publicados e seus editoriais. Nosso desejo é que a profundidade destas leituras acrescentem mais ao seu relacionamento com seu Criador e que você possa amar, honrar e servir ao Mestre com integridade em seu coração!

Acompanhe o plano de leitura do autor

A.W. Tozer, por seu crescimento na Palavra e relacionamento com Deus, compartilhou mensagens preciosas. Acesse o novo plano de leitura disponível no aplicativo Pão Diário Dia a dia com Tozer e seja edificado com um trecho desse rico devocional.

Dia a dia com Tozer

Devocional diário

BAIXE NOSSO APLICATIVO E LEIA TODOS OS NOSSOS PLANOS DE LEITURA!

Disponível na APP Store

Disponível na Google Play